Como escolher uma máscara de proteção eficaz para meu filho?

Como escolher uma máscara de proteção eficaz para meu filho?

As aulas presenciais estão voltando, tanto na escola quanto nos cursos extracurriculares. Com o retorno, uma grande preocupação toma conta das famílias: como escolher a melhor máscara de proteção para meu filho, agora que ele usará por um longo período? Será que o tecido da máscara do meu filho é eficaz na proteção contra o coronavírus?

Muitos pesquisadores em todo o mundo já estão há algum tempo estudando a eficácia dos diferentes tecidos na confecção de máscaras caseiras.

Uma matéria publicada no New York Times afirma que testes realizados nos EUA mostraram que filtros de ar, sacos de aspirador de pó, fronhas com mais de 600 fios, tecidos semelhantes aos pijamas de flanela e até mesmo os filtros de café são materiais efetivos para proteger contra o vírus. Já lenços e bandanas têm baixo desempenho na proteção.

No mesmo estudo, os pesquisadores descobriram que a utilização de mais de uma camada na produção da máscara aumenta sua eficácia. Uma máscara dupla, confeccionada a partir de uma fronha de 600 fios, por exemplo, é capaz de capturar 22% das partículas. A barreira de absorção sobe para 60% se o tecido for dobrado 4 vezes.

De acordo com Supratik Guha, autor de pesquisa realizada na Universidade de Chicago, os tecidos firmes e com tramas mais fechadas, como o algodão, atuam como uma barreira mecânica para partículas. Já os tecidos que carregam uma carga estática, como chiffon de poliéster, seda natural, manta de poliéster ou flanela, fornecem uma barreira eletrostática. Quando combinados, os tecidos são capazes de filtrar entre 80 e 99% das partículas testadas na pesquisa.

Também é importante observar a respirabilidade da máscara. Segundo Joel Burken, Ph.D, presidente do departamento de engenharia civil, arquitetura e engenharia ambiental da Universidade de Missouri, “Se o ar não puder passar, apenas contornará os lados, derrotando o objetivo do uso da máscara”.

Apesar da escolha do tecido ser um fator importante, o que determina a eficácia da sua máscara é o diâmetro, a permeabilidade e a contagem de fios do tecido, de acordo com Yang Wang, Ph.D, principal pesquisador de máscaras da Missouri S&T. E esses fatores mudam drasticamente de produto para produto.

Veja abaixo uma análise dos tecidos mais usados para a confecção de máscaras de proteção:

 

Algodão

É um dos melhores tecidos para a confecção de máscaras, segundo o Dr. Gustavo Ferrer, pneumologista e presidente da Intensive Care Experts Health Network, nos Estados Unidos.

“Ele tem pequenas fibras que podem parar as partículas do vírus”, disse ele.

Em um teste realizado pela empresa Smart Air, o tecido jeans e os tecidos de algodão com 120 fios ou mais, filtram mais de 90% das partículas grandes e 24-29% das pequenas. A lona, geralmente feita de algodão, filtra 84% das partículas grandes e 19% das pequenas. No entanto, a lona tem uma classificação mais baixa em respirabilidade, podendo ser incomoda para uso em longos períodos.

 

Nylon

Na mesma pesquisa realizada pela empresa Smart Air, o nylon 70D foi eficaz na filtração, removendo 77% das partículas grandes e 12% das pequenas.

“Era mais um escudo facial do que uma máscara”, afirma Dr. Scott Segal, anestesiologista.

Outra pesquisa da Northeastern University descobriu que colocar uma meia de nylon sobre a parte externa de uma máscara pode aumentar suas capacidades de filtragem.

 

Materiais de papel

A pesquisa da Smart Air descobriu que toalhas de papel oferecem proteção e respirabilidade. Os filtros de café também são eficazes na filtragem, mas eles são difíceis de respirar. Além disso, é recomendado o envelopamento dos filtros por algum outro tecido, já que eles podem soltar partículas de fibras prejudiciais à saúde quando inaladas.

 

O que procurar em um material de máscara facial

Ao comprar uma máscara de proteção facial para seu filho, leve em considerações estas dicas de Ferrer, Wang e Segal:

  • Use tecidos sobre malhas. Quanto mais apertado o tecido, melhor a proteção, desde que você possa respirar.
  • Evite materiais porosos e aqueles com grandes aberturas.
  • Use várias camadas de material. Apenas certifique-se de que você ainda pode respirar adequadamente.
  • Em caso de dúvida sobre a qualidade do material da sua máscara, realize o teste de luz: segure o tecido contra a luz e verifique se consegue ver as fibras individuais nele. Se você puder, provavelmente é muito fino para fornecer proteção adequada.

 

Fontes consultadas: Today,  Revista Galileu e ICTQ – Instituto de Ciência, Tecnologia e Qualidade

Add Comment

Your email is safe with us.

Entrar SchoolAdvisor

Para login mais ágil, use suas redes sociais.

ou

Os detalhes da conta serão confirmados por e-mail.

Criar nova senha