Medidas para melhorar a imunidade para a volta às aulas

Medidas para melhorar a imunidade para a volta às aulas

Você sabia que o sistema imunológico das crianças só estará completamente pronto na adolescência? E quando o assunto é volta às aulas, já dá aquele pânico só de pensar que elas voltam a ficar mais suscetíveis a pequenas doenças do dia-a-dia.

Na escola, os pequenos são colocados em contato (e em muito contato) com várias crianças o que favorece um ambiente de proliferação das famosas “viroses”. Não tem jeito, principalmente as mais novas, logo se deparam com gripes, dores de ouvido, resfriados, rinites, febres, sem falar nos temidos piolhos!

Com o tempo, as defesas do corpo vão ficando mais fortalecidas e as visitas ao pediatra e Pronto-Socorro vão diminuindo! (Ufa) Mas existem algumas medidas que podem ajudar a criançada a ficar mais resistente. Vamos lá?

 

1- Fique atento a rotina de limpeza da escola. Os brinquedos devem ser higienizados, o ambiente deve ser constantemente limpo, as janelas, sempre que possível, mantidas abertas. Faça visitas aos banheiros e salas para ter segurança de que o ambiente está sendo cuidado adequadamente.

2- Mantenha as vacinas em dia

3- Alimentação saudável e balanceada. Priorize alimentos naturais como frutas, verduras e carnes magras. A vitamina A, que pode ser encontrada em ovos, batata-doce, leites e queijos, e frutas como manga e mamão, desempenha um papel essencial no equilíbrio intestinal e, com isso auxilia na defesa do sistema de defesa.

4- Atividade Física. A ordem é não ficar parado!! Natação, esconde-esconde, jogar bola, andar de patinete, pular amarelinha. As atividades aumentam o número de células naturais, que ajudam no combate a infecções virais. Além de desenvolver a musculatura e o esqueleto da criança. Mas, é claro, isso precisa ser gostoso para a criança. Procure incentivar atividades que sejam prazeirosas a ela e, sempre que possível, aproveite para ficar longe dos eletrônicos e compartilhar o momento de brincadeiras.

5- Tomar Sol!! O banho de sol é recomendado desde cedo, a partir do primeiro mês. Cinco a dez minutos já são suficientes para fortalecer o sistema imunológico da criança, além de ajudar o organismo a ativar a vitamina D – evitando o raquitismo. Mas não esqueça, os melhores horários para a exposição ao sol estão antes das 10h ou após 16h. E sempre caprichar no protetor solar (acima de 6 meses), chapéus e bonés irão, além de tudo, garantir um charme especial.

6- Lavar as mãos! Como as crianças costumam levar muito as mãos para a boca, nariz e olhos, elas acabam transportando bactérias e vírus para essas “portas de entrada” do organismo. Portanto, criar desde de cedo o hábito de lavar as mãos após as brincadeiras, depois de ir ao banheiro e antes de comer é um cuidado essencial.

7- Qualidade do sono. A rotina e tranquilidade do sono é um assunto que atormenta muitas famílias e, na maioria das vezes, não é uma tarefa fácil. Mas uma boa noite de sono ajuda no desenvolvimento, descansa, revigora e também fortalece o sistema imunológico. Para cada faixa etária existe uma quantidade de horas de sono indicada como ideal. (Dicas de como fazer essa mágica acontecer?? rs…conta pra gente aqui nos comentários!)

8- Higiene, sim! Mas sem neuras. O distanciamento de contato com microorganismos faz com que as células do sistema imunológico tenham reações aumentadas a agentes estranhos, o que pode desencadear reações alérgicas. Portanto, deixe as crianças explorarem o mundo e terem contato com a natureza sempre que possível.

Tags

Add Comment

Your email is safe with us.

Entrar SchoolAdvisor

Para login mais ágil, use suas redes sociais.

ou

Os detalhes da conta serão confirmados por e-mail.

Criar nova senha